Pense positivo.

By Alana Aguiar - quarta-feira, dezembro 27, 2017


No final do ano passado fiz esse post com as minhas metas e resoluções para 2017. Eu gosto de fazer isso e no final do ano fazer um balanço do que fiz e do que não fiz e ver, de certa forma, o resultado final das minhas metas. Pois as metas para 2017 foram essas 23 abaixo (as que estão riscadas são as que consegui cumprir):

  1. Me cobrar menos
  2. Adotar um gato
  3. Ler 5 livros em inglês 
  4. Ser fluente em inglês (mais ou menos por que eu sou um nível intermediário avançado atualmente)
  5. Perder a vergonha de falar inglês na frente de pessoas bilíngues
  6. Gravar um vídeo em inglês
  7. cuidar da minha pele
  8. Aprender a usar melhor o meu cabelo natural
  9. Conhecer novos lugares em Boston
  10. Ter mais paciência
  11. Voltar a NY 
  12. Melhorar meus hábitos alimentares
  13. Ler a bíblia todos os dias
  14. Ter um amigo (a) americano (a)
  15. Perder o medo de dirigir
  16. Voltar a cantar na igreja
  17. Voltar a fazer autorretrato
  18. Conhecer a Disney
  19. Ter um emprego de meio período aqui nos EUA
  20. Postar pelo menos 2x por semana no blog
  21. Chegar aos 7 mil inscritos no canal do Youtube
  22. Postar vídeos toda semana
  23. Aprender a editar vídeos melhor e mais rapidamente
Dos vinte e três items, consegui cumprir 9 metas. Não postei no blog em todo meu 2017! Nem eu acredito que fiz isso, mas simplesmente não sentia mais vontade de escrever. Para mim estava sendo suficiente postar fotos com legendas curtas no meu Instagram. Mas eu realmente gosto do blog e de todas as lembranças que tenho guardada aqui.

2017 foi um ano "montanha russa", um sobe e desce sem fim. Nesse ano eu consegui meu status de estudante nos Estados Unidos, passei na prova do RMV (teórica e prática) e tirei a habilitação para dirigir nesse país. Perdi total a vergonha de falar inglês, seja lá com quem for! Mas, por outro lado, não perdi ainda o medo de gravar um vídeo em inglês para o canal. Não sei por que! Ainda não consegui e continuo tendo essa meta de vida. Comecei a trabalhar meio período na minha escola em Junho (eu amo muito a minha escola, eles são a minha família aqui). Graças a isso não precisei mais pagar para estudar e ganhei mais um documento americano (o Social Security). Graças a escola, fiz novos amigos, passei a falar mais em inglês e ganhei muita experiência! 

Uma das metas mais importantes que alcancei esse ano foi assumir meu cabelo natural e aprender a cuidar dele. Foi libertador! Passei pela transição, estou há um ano sem usar chapinha e me sinto mais eu do que nunca. Foi uma mudança de dentro para fora. 

Enquanto algumas coisas dão certo, outras ficam de lado. Como o meu canal no Youtube, por exemplo. E reconheço também que não alcancei minha meta de 7 mil inscritos por que não pude me dedicar o quanto eu queria. Mas passamos dos 5 mil e 500 inscritos!

Ainda quero muito adotar um gato, essa continua sendo a minha meta. Esse ano não foi possível por motivos de: onde eu moro não é permitido animais de estimação e para adotar um animal aqui nos Estados Unidos você precisa de uma carta de autorização do dono do apartamento. Depois disso, mesmo sendo um animal ADOTADO é necessário pagar uma taxa de $200. Eu tô muito triste sem um gato  :'( 

Não vou escrever minhas metas para 2018 aqui por que, sinceramente, hoje eu estou na parte baixa da montanha russa e a minha vida está muito incerta. Assim que tiver um tempo e a cabeça fresca, vou escrever as minhas metas no meu journal. Se você me acompanha no Instagram, sabe também que esse ano (2 meses atrás) o meu pai se foi e isso bagunçou muito a minha vida e a minha cabeça, ainda não estou 100%. Mais do que nunca, sinto saudades do Brasil, da minha casa, da minha mãe, irmã e sobrinhas. Muita saudade mesmo! A vida sem as pessoas que a gente ama por perto parece não fazer sentido. 

Ei! Se você está lendo esse post... primeiro eu preciso dizer UAU! Que bom que você ainda visita meu blog! Segundo, eu desejo todas as coisas boas do mundo nesse novo ano para a sua vida e sua família. Obrigada por me acompanhar! 

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários