Social Media Icons

slide code

Photo

Alana
...

social media icons 2

Search

category 1

Pessoal

category 2

lifestyle

category 3

vídeos

Novidades no E-mail

Depressão é uma doença solitária


Já ouvi que remédios são o caminho mais curto e fácil para o tratamento de doenças psicológicas como a depressão e o trauma, eu discordo. Discordo por que não é rápido. O antidepressivo leva pelo menos 15 dias pra começar a fazer efeito e esse período de adaptação é o inferno na terra, pelo menos pra mim que tenho mais os efeitos colaterais do que os benefícios.

Os médicos insistem em dizer que preciso continuar o tratamento com antidepressivo, pelo menos por agora, mas esse agora já dura mais de um ano. Mesmo com todos os efeitos colaterais, por estar em tratamento, eu consigo fazer coisas de gente "normal", como levantar da cama e ir trabalhar. Receber críticas sem chorar, dirigir, tomar banho, continuar vivendo.
O mais difícil, além dos efeitos colaterais, é lidar com o que as pessoas dizem: "vc só precisa ter mais força de vontade e tentar mais.", "ora, pede a Deus, que essa fase difícil vai passar".

Eu sei que muitos falam na boa intenção, mas essas palavras não ajudam, só me faz sentir culpa e mais dor emocional. Acredite, se fosse só uma questão de fé e esforço , acho que teria conseguido ficar bem. O último mês tentei de tudo. Li mais a bíblia, mesmo sem querer. Acordei todos os dias as 5 da manhã por uma semana, me exercitei, fiz yoga, coloquei no papel as coisas pelas quais sou grata, fiz tudo que é coisa que achei (ou que disseram) que fosse ajudar. Só me sentia mais cansada, até chegar ao ponto de não conseguir fazer mais nada disso e passar dois dias na cama, sem tomar banho, sem comer, sem querer ver ninguém e ao mesmo tempo desejando que qualquer alma viva aparecesse aqui.

Muitas pessoas dizem "pode contar comigo", ou "vc sabe que pode contar comigo né? Precisando estamos aí." Mas não estão. Poucas pessoas realmente se importam. Doenças psicológicas são cruéis e solitárias. São cruéis pq ninguém te vê sangrar, enquanto vc esta morrendo por dentro. São solitárias pq elas não tem uma face e ainda que tivesse vc teria que esconder das pessoas, afinal quem quer alguém assim por perto na era em que a moda é compartilhar a perfeição? É solitária pq é uma briga que é só sua. É como pedir pra alguém que tá semi morto no campo de batalha para se defender, e vc tem que fazer mesmo assim por que é só vc e vc mesmo. 

Hoje eu to escrevendo só a nível de desabafo. O remédio não tá mais fazendo tão bem, a terapia não tem funcionado. Os pesadelos não param e na maior parte do tempo não me sinto eu mesma, é como se eu estivesse num filme mas não de um jeito bom. 

Hoje eu só escrevo pra desabafar e dizer que a depressão é uma doença solitária. O mundo não para pra esperar você se recuperar.

Eu estou muito cansada.

Março 18, 2019



Update 
Março 27, 2019

Nove dias depois de escrever e publicar esse texto nos Stories, escrevo pra me lembrar que estou bem. A médica diminuiu a dose do antidepressivo a quase uma semana, pra começar outro. Mas já não sei se será o caso de começar outro ou não, visto que estou tomando uma dose abaixo da dose terapêutica e estou, finalmente, dormindo bem. Meu humor melhorou e, mesmo com os sintomas físicos do "desmame", me sinto ótima! Por falar em sintomas físicos, eles não tem sido tão intensos. Estão muito suportáveis. Será que tá chegando a hora de parar a medicação? Ainda é muito cedo pra dizer, mas estou aproveitando os dias bons.

Comentários

  1. Havia lido o texto no instagram e fiquei feliz que teve um update positivo, Alana!

    Espero que seu desejo se realize e logo você não precise mais deles, mas caso isso não aconteça, que ao menos você consiga ter muitos dias bons.

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou tomando uma dose abaixo da dose terapêutica, mas tem funcionado, nada tão demais mas que já me faz me sentir mais sob controle.

      Excluir
  2. E uma doença muito solitaria espero que agora com o desabafo vc esteja se sentindo melhor nesse exato momento estou sozinha na sala de computador de uma faculdade minha vontade agora seria sair correndo e gritando porem nao posso eu seria a louca encontrei seu texto e resolvi comentar luz para todos nós . Mariana @molasdamari

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. To me sentindo melhor desde que voltei ao remédio, mas dessa vez numa dose muito baixa porém que faz diferença pra mim. Tenho alguns dias que nem vc descreveu, que da vontade de jogar tudo pro alto, mas no geral, agora me sinto mais no controle. Melhoras pra gente <3

      Excluir
  3. Olá!
    Encontrei seu blog por acaso. Mas, quando me deparei com o tema, logo me prendi ao texto. Nunca tive depressão, mas convivi com ela de perto. Minha mãe teve depressão severa, e tudo que vc falou sobre a medicação, também pude ver de perto. Ninguém é preparado para encarar essa doença. Seja vive-la por dentro de si mesma, seja vive-la sendo testemunha do seu poder. Também tenho minhas teorias, mas não passam de teorias. Mesmo tendo vivido de perto tudo aquilo, ainda não sei como lidar com essa doença. Tudo o que você sente é muito profundo... demais para que possamos alcançar! Eu ainda sofro tentando entender, ajudar, mas ainda não sei por onde começar. Me sinto completamente perdida. Agora eu te pergunto: como aqueles que te rodeiam podem mesmo ser úteis? Acho que só você pode realmente ajuda-los a entender. Gostaria de manter contato se for possível. Talvez, vez ou outra, possamos trocar experiências. Quem sabe?
    meu blog: www.publicandosentimentos.blogspot.com
    face e insta: Gil Térez.
    Abraço...desejo que esteja tendo dias melhores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm convivi com alguém com depressão, além de mim mesma. Minha mãe também tem depressão e nunca foi tratada, o que tornou tudo ainda mais difícil. Pra mim, a melhor forma de ajudar é tendo empatia e lembrando que a depressão é realmente um DOENÇA e precisa ser tratada como tal. A maioria das pessoas agem como se fosse só uma questão de força de vontade e, de verdade, não é. Ouvir, dar suporte ao que a pessoa está sentindo ao invés de dizer "não se sinta assim" é muito bom. Realmente ajudar com soluções práticas. Ao invés de falar "vá ao médico"se pode dizer "vou ao médico com vc". Oferecer companhia, ouvir e ter paciência. É muito difícil conviver com quem tem depressão, sei por experiência própria. Mas, imagina, se é difícil pra quem convive, imagina pra quem de fato tem a doença?

      Excluir
  4. Tô começando o remédio agora. Mas é mais ou menos isso. Sangrando por dentro, sem saber se ou quando vai parar.

    ResponderExcluir
  5. não pensa no SE e/ ou QUANDO, tenta focar no agora e se tiver dando certo agora, melhor ainda. Eu aceitei que preciso do remédio como se fosse uma muleta. E ta tudo bem <3

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Posts Favoritos

Dois anos depois... Novas mudanças e novos começos nos EUA
Estou há 729 dias em outro país. Para alguém que nunca soube lidar muito bem com mudanças, estou me…
Primavera soprando pra um caminho mais feliz!!
A primavera finalmente chegou em Boston. É a minha primeira primavera DE VERDADE nessa cidade. E é …
Pense positivo.
No final do ano passado fiz esse post com as minhas metas e resoluções para 2017. Eu gosto de faze…
Depressão é uma doença solitária
Já ouvi que remédios são o caminho mais curto e fácil para o tratamento de doenças psicológicas co…