O Estranho Mundo de Zofia e Outras Histórias - Kelly Link

By Alana Aguiar - sexta-feira, maio 03, 2013

Sim, eu comprei o livro por causa da capa que é LINDA nível master. Adoro livros com capas lindas. Mas julgar o livro pela capa, na maioria das vezes, não da muito certo. Vamos lá, são nove contos e decidi falar apenas sobre os contos que gostei. Dos nove, gostei de quatro contos do livro. 

A Bolsa Mágica  - Esse é o conto que fala sobre quem é Zofia, uma avó maneirona com sua bolsa - que só lendo vocês vão saber do que é feita e o que ela faz - e a história da bolsa é muito boa. Esse é o melhor conto do livro. Acho que a autora deveria ter parado nele e tê-lo desenvolvido, o livro seria incrível - serião. 

Magia para iniciantes - O terceiro melhor conto. Jeremy e seus amigos assistem uma série de TV chamada "A Biblioteca". A Personagem principal dessa série é a raposa que ninguém sabe se ainda está viva ou morta. É como se a série e a realidade de Jeremy estivessem se juntando e é tudo muito envolvente.

Plano de contigência Contra Zumbis  - O apelido do cara é Sabonete e ele é obcecado por zumbis, só fala em zumbis e só pensa em planos contra zumbis caso os zumbis invadam tudo e  apocalipse zumbi aconteça, tipo TWD. Ah, Sabonete já foi parar na prisão. (Esse conto me arrancou duas risadas e alguns pensamentos).

O Grande Divórcio  - Gostei mesmo desse conto. Vivos se casam com mortos. Mortos se casam com vivos.  Se um relacionamento com duas pessoas vivas já é difícil, imagina só um relacionamento em que um está vivo e o outro morto. Pois é.
Os contos são um tanto longos, os finais são incertos, em alguns momentos me senti perdida com a narrativa de acontecimentos um tanto forçados. O livro não é de todo ruim. Na verdade, a minha chateação foi ler isso aqui : "Na tradição de Alice no País das Maravilhas, Sandman e Noiva-Cadáver, um livro maravilhoso, que ultrapassa os limites da imaginação". Não, pera. Comparar a narrativa de Link com a do Lewis é tipo WTF?????????? Em alguns momentos até da pra dizer: ok, Tim Burton gostaria disso. Mas, no geral, achei a "viagens" forçadas demais. A expectativa do livro, a propaganda e a capa são mais do que o livro realmente é. 

A Autora faz referências a coisas legais, músicos, livros e autores que meio que obrigam a gente a gostar (no meu caso, por exemplo, um momento em que ela cita Bob Dylan e outras coisas).

Sobre os aspectos físicos: folhas amareladas, espaçamento pequeno e extenso. 252 páginas. Acho que não tô no momento de ler coisas "viajadas", tô a procura de um livro mais sério e com uma história que consiga realmente me prender. Quem adora contos, fins incertos e coisas loucas, vai adorar esse livro. É só abrir a mente! 

Ah, o que me fez meio que gostar dessa autora foi isso aqui: " Kelly Link ganhou uma viagem de volta ao mundo respondendo à pergunta "Por que você quer viajar ao redor do mundo?" (Porque não se pode passar por dentro dele.")

Alguém aqui já leu? O que achou?

  • Share:

You Might Also Like

1 comentários

  1. Estou com esse livro para ler e não terminei graças a faculdade...

    ResponderExcluir