Leitura: A Brincadeira

sexta-feira, maio 11, 2012


Pra vocês entenderem como funciona o negócio comigo:

Na faculdade, os professores passam os tais livros obrigatórios e com eles toda a obrigatoriedade de ler, fazer resenha, comentar em sala de aula, etc. Graças a isso, quando pego UM livro da faculdade pra ler, pego mais um (não obrigatório) para uma leitura 'divertida'. É aí que entra o prazer de ler. 

Li um livro obrigatório da faculdade e peguei um livro do Milan Kundera: A brincadeira. Essa semana peguei mais um livro da lista dos livros obrigatórios e a Suellen (Sub) me emprestou outro livro do Milan Kundera: O livro dos amores risíveis. Ou seja, estou lendo três livros essa semana. Mas, como comecei 'A brincadeira' esse será o primeiro a aparecer por aqui! 

Vou tentar, eu disse tentar, postar semanalmente trechos do livro. Até agora são muitos! Mais uma vez Kundera me surpreendeu com sua forma de escrever e me fazer viajar em seus personagens e histórias. O perfil psicológico que ele traça, o desenrolar dos acontecimentos, fazem com que eu me enxergue em cada linha.

Ok, parei. Vamos a sinopse:

As recordações de um homem de meia-idade que passa um fim de semana na cidade de sua infância, combinados com os episódios lembrados pelas várias pessoas que encontra, se entrecruzam para formar A brincadeira e mostrar a dificuldade da comunicação entre os homens, os desentendimentos que predominam nas relações entre duas pessoas e o que há de problemático na coexistência. entre a realidade e o que parece ser a realidade interpõe-se toda uma gama de possibilidades: um longo ato de amor pode ser de fato um ato de ódio; para uma das personagens de Kundera a sexualidade é o oposto do amor; uma frase escrita por brincadeira num cartão-postal pode destruir toda uma vida - a própria vida não pasa, sob esse aspecto, de uma brincadeira. 

Essa certa 'agonia' em relação a vida e seu aspecto inquietante de uma brincadeira, de um ensaio... talvez seja esse o motivo de gostar tanto das obras desse cara. Kundera escreve de forma genial!

Ainda estou no começou do livro, pág. 70. Tive que começar a ler o outro livro da faculdade e O livro dos amores risíveis. Postarei trechos de A brincadeira em breve! 

Já leram alguma obra desse autor? Nem preciso dizer que recomendo. 

You Might Also Like

5 comentários

  1. Gosteei! :D Parece ser mesmo interessante. Deu vontade de ler

    ResponderExcluir
  2. Queria ler "a insustentável leveza do ser" mas sempre acontece alguma coisa e eu não leio. =/
    Não conheço quase nada das obras dele, vou dá uma olhada.

    =*
    PS: Tem sorteio valendo o livro: "É tudo tão simples", no Mil Alices. Participa!
    http://milalices.blogspot.com.br/2012/05/e-tudo-tao-simples.html

    ResponderExcluir
  3. Adorei, vou procurar!
    Boa dica.
    Te espero lá no blog.
    Beijos







    www.docescurvas.com

    ResponderExcluir
  4. Anotei.
    Faz tempo que não tenho uma boa leitura, ou me dedico a isso.
    Gostei da sinopse :]
    Será que encontro para baixar?

    Papo Calcinha

    ResponderExcluir
  5. Eu nem preciso dizer o quanto fiquei contente com a ideia dos posts sobre livros, né? =D

    Li algo sobre ele, não dele, na época do colégio. Parte da tal leitura obrigatória, dada pelo professor de Literatura. Não sei pq nunca peguei nada pra ler. Mas vou anotar na lista de próximas leituras, pr'assim que conseguir aliviar todos os acúmulos e dar conta de ler os que já tenho por aqui.

    Boa leitura!

    @ThamiresLyrio
    http://tocadathamy.blogspot.com

    ResponderExcluir